sábado, 13 de outubro de 2012

A NATO JÁ FAZ PIRATARIA DE AVIÕES ATRAVÉS DA TURQUIA


A NATO pratica o rapto e a tortura na Rede Guantánamo e Sucursais, ostensivamente, (e não esqueçamos que a maior parte dos países da NATO são da União Europeia que vai receber o anedótico Prémio Nobel da Paz) prende e faz condenações à morte sem julgamento e executa os respectivos assassinatos, invade, destrói e ocupa Estados Soberanos membros da ONU,  fere e mata homens, mulheres e crianças de todas as idades e deu ao Estado de Israel os meios para fazer mais de duzentas bombas atómicas, calcula-se que cerca de dez por ano.
A Rússia é governada por uma classe política sem valentia, porque a Turquia cometeu um acto de Guerra contra a Rússia e a Rússia parece que precisa de autorização da Turquia para vender.
Ora, a Rússia é um país independente, e, por isso, pode vender o que muito bem entender a quem quiser. A Rússia pode vender o que quiser a quem quiser.
A Turquia num acto de Guerra efectiva forçou um avião civil a aterrar sob ameaça de o abater, por levar exportações da Rússia para a Síria. Este acto de Guerra efectiva contra a Rússia foi executado por aviões de guerra F-16 de fabrico norte-americano e fornecidos à Turquia. Ora os pilotos dos F-16 ameaçaram abater um avião civil, com passageiros, num voo Moscovo - Damasco. Foi um acto de Guerra efectiva, foi um acto de Guerra factual contra a Rússia que se acobardou.



Sem comentários:

Enviar um comentário