quinta-feira, 18 de outubro de 2012

UM PEQUENO PORMENOR DAS ELEIÇÕES DOS AÇORES


Embora na Madeira se fale, por vezes em independência, convém recordar que foram os portugueses que descobriram os arquipélagos da Madeira (1418-1419) e dos Açores (1427-1452). E é bom não esquecer que nesses arquipélagos não existia a espécie humana. Os habitantes dos arquipélagos da Madeira e dos Açores, inicialmente foram pessoas que emigraram para lá a partir de Portugal continental, por isso os madeirenses e os açorianos eram (e são na maior parte) biologicamente iguais aos portugueses de origem europeia continental.
Por outro lado, sendo pequenos arquipélagos são economicamente inviáveis sozinhos.
Pode-se falar de outro ponto de vista, a classe política do poder que declarou a independência do Brasil era na sua maior parte biologicamente igual aos portugueses do continente europeu, mas o Brasil tinha dimensão muitíssimo mais que suficiente para ser independente.
Nas eleições dos Açores o PS ganhou com maioria absoluta, mas o PSD aumentou o número de votos. Esmagados pela austeridade em cima da austeridade imposta pelo PSD, empobrecidos, à rasca por causa do Passos Coelho, mesmo assim muitos portugueses dos Açores votaram no partido dos seus carrascos. Quer isto dizer que há muitos portugueses e portuguesas que gostam que lhes façam mal, que os empobreçam, porque são masoquistas. Chama-se a isto um mau presságio.

Sem comentários:

Enviar um comentário