sábado, 6 de outubro de 2012

PORTUGAL NA CRISE DA ZONA EURO - DEBATE


A crise da Zona Euro é uma crise ideológica, é uma crise de capitulação perante o fundamentalismo do dogmatismo do neoliberalismo europeu.
Em Portugal, no dia 5 de Outubro de 2012, reuniu-se na Universidade Clássica de Lisboa, o chamado «Congresso Democrático das Alternativas», em que estiveram presentes pessoas da ala esquerda do Partido Socialista, do Bloco de Esquerda, da Associação dos militares (fora do activo) 25 de Abril, pessoas sem partido com alguma identificação com a Esquerda e também elementos do ou próximos do PCP, como o ex-líder sindicalista da CGTP Carvalho da Silva.
Em síntese, propuseram a renegociação do acordo com a troika, no imediato.
É uma característica da Democracia a Liberdade de reunião e de opinião.
O impacto que esta reunião terá na política, a curto prazo e a médio prazo, não se consegue adivinhar.



Sem comentários:

Enviar um comentário