domingo, 30 de junho de 2013

RUI TAVARES E UM NOVO PARTIDO NA ESQUERDA EM PORTUGAL


Como disse aqui o pensamento marxista na blogosfera pt é difundido, preferencialmente, pelo blog «5 Dias net».
Como livre-pensador da Esquerda, fui vetado para fazer comentários no blog «5 Dias net». É que o blog «5 Dias net» não analisa, em profundidade, o principal erro de Marx e Engels, que é o conceito de «ditadura do proletariado». Também não analisa, em profundidade o erro do marxismo que é a colectivização total da economia, que bloqueia a criatividade e o progresso material.
Daqui por mil anos, se a Humanidade ainda existir, e se houver progresso na ética política e social, a utopia marxista de qualquer coisa semelhante a um «paraíso na Terra», ainda estará de pé.
Rui Tavares, escritor e deputado dissidente do Bloco de Esquerda, tem posições muito direitistas como o apoio ao imperial-colonialismo da NATO, o que implica a violação da soberania de países membros da ONU, matanças e o uso da tortura como estandarte, na prática, em nome de um estranho deus que ninguém conhece.
Quem irá votar no imperial-colonialismo da NATO, que implica, na prática, as respectivas matanças e a tortura?
A Direita ou os que votam na chamada «Internacional Socialista».

sábado, 29 de junho de 2013

AS MANIFESTAÇÕES DE RUA E A CRISE DO REGIME DO BRASIL NUMA ÉPOCA DE CRESCIMENTO ECONÓMICO E PRATICAMENTE DE PLENO EMPREGO


Imaginemos que o Brasil estava numa espiral recessiva e com um desemprego de 18%, como acontece com Portugal. Imaginemos…
Em Portugal os preços dos transportes colectivos aumentam todos os anos e em percentagens brutais. Mas, o aumento do desemprego e a baixa dos salários quer no sector público, quer no sector privado, por contágio, e ainda os cortes nas reformas dos ex-assalariados do sector público e do sector privado tornaram esses aumentos ainda mais dolorosos.
Como já disse aqui, há, factualmente, nas manifestações de rua no Brasil, organizações fascistas, inspiradas em Mussolini, em Pinochet e em Videla, que atacam toda a gente que transporta bandeiras vermelhas da Esquerda brasileira.
No entanto, o descontentamento das pessoas no Brasil tem causas bem concretas.
O povo precisa de “pão e circo”(«panem et circenses») diziam as elites do Império Romano. No caso do povo brasileiro o pão é ainda insuficiente e o circo é demasiado caro. O Brasil no século XIX utilizava o trabalho escravo numa escala muito alta, tal como os Estados Unidos.
Ora os países que praticavam a escravatura no século XIX são o terreno mais fértil para as mais elevadas desigualdades sociais. O grande problema do Brasil são as grandes desigualdades sociais. Há uma elite grande burguesa riquíssima e as classes pobres são mesmo muito pobres.
Lula da Silva e Dilma Roussef com a sua política de combate à pobreza tiraram da pobreza dezenas de milhões de pessoas e com a sua política de diversificação de mercados e de estímulo ao crescimento económico reduziram o desemprego, praticamente a zero. Imaginemos que em Portugal em vez de 18% de desemprego tínhamos pleno emprego…
Mas, os brasileiros querem mais e merecem mais. Querem serviços públicos inspirados no chamado «Modelo Social Europeu», isto é, querem um Serviço Nacional de Saúde de qualidade, querem um Sistema Público de Ensino de qualidade. Querem investimento público em urbanizações e habitações de qualidade que substituam as favelas. Querem uma rede de transportes públicos de qualidade e a preços comportáveis. E não querem gastos faraónicos em organizações desportivas como a Copa 2014 de futebol e os Jogos Olímpicos de 2016, quando esse dinheiro poderia ser aplicado em hospitais e escolas. Querem um combate eficaz à corrupção. No aspecto da corrupção a Itália e Portugal não são exemplo para ninguém, a corrupção em Portugal é vista como um Direito do PSD, do PS e do CDS. O caso Lusoponte, do governo de Cavaco Silva, em que o PSD e o PS conluiados obrigam os contribuintes a pagarem 4 vezes o preço da ponte Vasco da Gama sobre o rio Tejo à Lusoponte / Mota Engil, é verdadeiramente épico.
Depois no Brasil queriam dificultar ainda mais a investigação aos políticos corruptos. 
É natural que a presidente eleita, democraticamente, Dilma Rousseff, tenha percebido que é necessário fazer mudanças para melhorar o Brasil.
É preciso que as faça e bem feitas.

A CRISE DA ZONA EURO E «O FIM DA HISTÓRIA» E O PENSAMENTO DE ESQUERDA


A crise da Zona Euro tem por base erros legislativos sobre a moeda euro e o chamado falsamente «Banco Central Europeu». Sem grandes mudanças nas leis da moeda euro e do falso «BCE» estou convencido que a Zona Euro irá implodir.
Em Portugal somos, diariamente, massacrados com a difusão do pensamento de Direita, nos meios de comunicação social tradicionais.

Em 22 de Junho de 2004 o blog marxista «Margem Esquerda» encerrou por ter apenas 25 leitores diários. É contemporâneo do blog «Anti-Direita Portuguesa» que chegou a ter mais de mil visitas por dia. Este, era, essencialmente, um blog anti-neoconservadores, pelo que se transformou num blog de consulta.
É curioso que o blog marxista do momento é o «5 Dias net» que tinha hoje uma média de 5 771 visitas por dia. Quer isto dizer que a procura na blogosfera pt do pensamento marxista aumentou muitíssimo de 2004 para 2013.



«Terça-feira, Junho 22
“Margem Esquerda” chega ao fim!
“Eu vim de longe
de muito longe
o que eu andei p'ra'qui chegar
Eu vou p'ra longe
p'ra muito longe
onde nos vamos encontrar
com o que temos p'ra nos dar”

O “Margem Esquerda” nasceu espontaneamente. Como experiência de quem nunca tinha feito um blog e tinha tudo a aprender. Como exercício de quem sempre teve a paixão da escrita e tudo queria dizer....
Mas a experiência desde cedo se transformou em compromisso. De quem, desde sempre, afirmou a sua militância pela liberdade, pela solidariedade, pela justiça social. Sempre na Esquerda. Na margem esquerda...
Agora, ao cabo de seis meses de vida e 200 posts publicados, é tempo de balanço. Positivo, porque conseguimos, de forma praticamente ininterrupta, alimentar o compromisso que celebrámos com a causa da Esquerda. Mas negativo, porque, em cada dia, não foram mais de 25 as pessoas que passearam nesta margem!»

Atenção, em Novembro de 2005 surgiu o blog «Margem Esquerda Tribuna Livre», mas é outro.

Em 2013, a difusão do pensamento marxista, em Portugal, é muito acentuadamente, através da blogosfera pt, sobretudo através do blog «5 Dias net».
No entanto, o pensamento de Direita é tão propagandeado na comunicação social tradicional e também na blogosfera pt, que, predominantemente, passa a ideia de que a austeridade é uma inevitabilidade resultante do «fim da História», proclamado pelos neoliberais.
Por este caminho, Portugal caminha cada vez mais para o fundo, numa espiral recessiva cada vez mais acentuada.


A ESPIRAL RECESSIVA EM PORTUGAL ACENTUA-SE


«Défice de 10,6%, superior ao que Portugal tinha antes da chamada da troika. E, vá lá, ligeiramente superior aos 5,5% de meta para 2013. E pertíssimo dos 7,9% de défice de 2012. Isto com mais 450 000 desempregados do que em 2011, 8 trimestres consecutivos de recessão, dívida pública quase nos 130%, mais 20% do que em 2011. Mas Pedro Passos Coelho garante que no último trimestre do ano é que vai ser, que vai haver uma "viragem da tendência económica". E o secretário de Estado do Orçamento fala mesmo em "sucesso do programa de ajustamento".» 

«"2013 será o ano da inversão económica" - Pedro Passos Coelho, em Agosto passado, na festa do Pontal»

(Sérgio Lavos in blog «Arrastão»)

10,6% de défice num trimestre de 2013 é um grande sucesso para o governo de traidores sádicos PSD-CDS-Troika-Cavaco.
Cavaco, o ministro sem pasta deste governo, veio logo dizer que as contas estavam mal feitas.
Tudo bem para esta bandidagem que está a arruinar a maioria dos portugueses. Além de sádicos e traidores são burros. São mesmo burros por mais graus académicos que apresentem.

Como é possível Portugal estar na mão destas mentes criminosas? Mentiram descaradamente para ganharem as eleições. Traidores, sádicos e burros, mas são perigosos, porque ainda estão no poder.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

O MACEDO MANDOU PRENDER O FERREIRA DO AMARAL E O DIAS LOUREIRO?

«Comunicado de Imprensa dos Manifestantes Detidos no Bairro da Bela Flor»

«Nós, os manifestantes detidos hoje, 27 de Junho de 2013, no bairro da Bela Flor, saímos em manifestação espontânea a partir de S. Bento, com a polícia constantemente a acompanhar-nos sem nos nos dar qualquer tipo de indicações. Durante todo o percurso, os manifestantes foram pacíficos e não causaram qualquer tipo de danos. Após a passagem pelo Centro Comercial das Amoreiras, quando nos aproximámos do acesso para a Ponte 25 de Abril, pela primeira vez, as autoridades comunicaram connosco para nos indicar que enveredássemos para o acesso à Ponte 25 de Abril. Fomos encurralados por dezenas de membros e carrinhas do corpo de intervenção que esperavam fora de vista, e então dirigidos para o bairro da Bela Flor, sempre rodeados pelo corpo de intervenção. Ficámos detidos na rua desde as 19 horas (passa já das 23 horas e só agora estamos aos poucos a ser libertados), sem acesso a água ou sanitários. Após identificação e revista um a um dos cerca de 200 manifestantes, foram-nos apresentados, documentos para assinar ao mesmo tempo que se dificultava o acesso a advogados. Acabámos por saber que teremos que comparecer todos amanhã, 28 de Junho, às 10 da manhã no Campus da Justiça do Parque das Nações. Pedimos a presença e solidariedade de todos para os procedimentos.
Já na anterior Greve Geral aconteceram inúmeras irregularidades nas detenções que foram efectuadas e, mais uma vez, o governo procura formar um escândalo para tentar abafar o impacto da Greve Geral.
Aqui não há criminosos mas há arguidos; no governo não há arguidos, há criminosos.

Os Manifestantes Detidos no Bairro da Bela Flor

Bairro da Bela Flor, 27 de Junho de 2013


manifestantes.da.bela.flor@gmail.com» (In blog «5 Dias net»)

DETIDOS OS BENEFICIÁRIOS DO CASO BPN, DO CASO BANIF, DO CASO LUSOPONTE, DO CASO PAVILHÃO ATLÂNTICO, DOS CASOS SWAP E DO CASO DOS SUBMARINOS ALEMÃES?

«Atenção Lisboa, o corpo de intervenção isolou contra vontade um grupo de manifestantes!»

«Os manifestantes que cortaram a A5 em Lisboa, foram, contra sua vontade, escoltados por mais de uma centena de polícias do corpo de intervenção, com cães, para o bairro Bela Flor, atrás da Galp (quem sobe a Duarte Pacheco em direcção às Amoreiras) supostamente para serem identificados. Precisam-se de advogados com urgência, são pelo menos 100 pessoas detidas. Mobilizem-se para lá! Já basta de processos, presos e violência! a TSF relata que há cerca de 30 carrinhas da PSP e mais 20 carros da PSP no local.

actualização: todos os homens já foram revistados, um a um, as mulheres vão a caminho, não tiveram acesso a água este tempo todo. ‘Depois têm de ir assinar um documento, com várias folhas. Sem advogados. Não sabem o que diz o documento e vai um de cada vez. É preciso gente lá. São precisos advogados.‘ … Há quem diga que são papeis de notificação para comparecerem no tribunal, amanhã pelas 10h, e que todos os manifestantes foram constituídos arguídos e serão alvo de processo sumário. Há confirmação de terem recusado passagem a uma advogada.

‘São 3 ou 4 papeis, um de notificação para comparecerem em tribunal amanhã, um de constituição de arguido, outro de termo de identidade e residência e foi-me dito que há um outro mas não sei do que é. Em nenhum consta a acusação.’


…250 pessoas detidas e intimadas a aparecer amanhã às 10 no campus de Justiça, por cortar uma estrada, numa greve geral? Não olhem agora, mas parece que a polícia acabou de convocar uma manifestação.» (Fonte blog «5 Dias net»)


                                                                                                                            CASOS SWAP
                                                                                                       CASO LUSOPONTE FERREIRA DO AMARAL
                                                                                                              CASO PAVILHÃO ATLÂNTICO
                                                                                                                                  CASO BANIF
                                                                                                           CASO BPN - CONSELHO DE ESTADO
                                                                                                       CASO DOS DOIS SUBMARINOS ALEMÃES

quinta-feira, 27 de junho de 2013

GREVE GERAL EM TEMPO DE ESPIRAL RECESSIVA


Uma greve geral não tem consequências imediatas. É um sinal de descontentamento.
Numa espiral recessiva há muitos descontentes que não podem fazer greve, porque estão desempregados.
Quando o governo está a fazer uma lista negra de funcionários públicos para despedir, ter participado na greve geral pode ser um critério para ir para a lista negra dos despedimentos.
Os reformados têm sido muito lesados pelo governo de traidores sádicos PSD-CDS-Troika-Cavaco estão muito descontentes mas já não entram nas contas das greves.
O aumento do desemprego leva à elaboração de listas de despedimentos no sector privado, e a participação numa greve geral, pode ser um critério para ir para a lista negra para os despedimentos.
A consagração do despedimento sem justa causa, com a assinatura da UGT de João Proença, é o fulcro da fraqueza laboral.

Qualquer assalariado, de qualquer idade, de qualquer emprego, privado ou público, pode ser despedido sem justa causa.

HOJE GREVE GERAL EM PORTUGAL E MANIFESTAÇÃO EM LISBOA


FINALMENTE SÃO DIVULGADAS UMAS VERDADES SOBRE UMA DAS MAIORES CENTRAIS DE CORRUPÇÃO DO MUNDO QUE É A FIFA


«Romário chama «cara-de-pau, chantagista e corrupto» ao secretário-geral da FIFA»

«Romário, lenda do futebol brasileiro, que está contra a realização da Taça das Confederações e do Mundial de 2014 no país, teceu duras críticas à FIFA e ao seu secretário-geral Jérôme Valcke.


«Há coisas que não posso deixar passar. Ontem, o cara-de-pau, chantagista e corrupto do Jérôme Valcke negou que a FIFA venha ao Brasil encher os cofres e ir embora. Chega a ser uma piada ouvir uma frase como essa. Uma pessoa que disse há alguns meses que o mais importante num Mundial eram os estádios e que o resto era secundário, não tem credibilidade para responder pela FIFA. Aliás, ele está no lugar certo. A FIFA é exatamente a entidade onde ele tem que estar devido ao seu histórico de falcatruas desde o período de Havelange até ao atual de Blatter», escreveu o ´baixinho´na sua página oficial de Facebook.» (In jornal «A Bola» net)

quarta-feira, 26 de junho de 2013

ITÁLIA – TRIBUNAL CONSTITUCIONAL CONSIDEROU ILEGAL IMPOSTO EXCLUSIVO SOBRE OS REFORMADOS


O Tribunal Constitucional da Itália considerou inconstitucional um imposto apenas sobre os reformados.

GREVE GERAL AMANHÃ DIA 27 CONTRA O GOVERNO DE TRAIDORES PSD-CDS-TROIKA-CAVACO

O governo de traidores PSD-CDS-Troika-Cavaco lançou Portugal numa perigosa espiral recessiva.
Os sucessos deste governo são o empobrecimento da classes médias e das outras abaixo, a governação em Ditadura, de facto, com o desrespeito pela Constituição e pelas decisões do Tribunal Constitucional, a transferência de riqueza das outras classes sociais para a alta burguesia, a obediência aos interesses da Alemanha contra os interesses de Portugal, a vulgarização das falências de empresas e o aumento colossal do desemprego.


«Número de milionários em Portugal cresceu apesar da crise

O número de milionários subiu 3,4% no ano passado e está a caminho dos 11 mil portugueses com mais de um milhão de dólares.
A recessão e a crise não impediram que o número de milionários em Portugal aumentasse 3,4% no ano passado. O número de portugueses com mais de um milhão de dólares (765 mil euros) subiu para 10.750, mais 350 que em 2011.

Na contabilização dos milionários, a consultora Capgemini deixa de fora dos cálculos o património com a habitação de residência e bens coleccionáveis ou duradouros, devido à dificuldade de identificação e avaliação, e contabiliza o valor aplicado em acções, obrigações, fundos e depósitos.» (In «Jornal de Negócios» net)

A única esperança para a maioria dos portugueses está na queda deste governo de traidores sádicos.



A ÚLTIMA BESTA DA TROIKA


Poiares Maduro é uma grande besta. É mais um delinquente que entrou para o governo PSD-CDS-Troika-Cavaco. Este delinquente Maduro é uma imagem do delírio dos traidores que desgovernam Portugal, ao serviço da Alemanha, é mais um delinquente ao serviço dos grandes capitalistas contra a maioria da população.

Se Portugal tiver futuro, este delinquente Poiares Maduro será esquecido, nem sequer virá ao lado do traidor Miguel de Vasconcelos, assassinado pelos restauradores da independência de Portugal, em 1640. Miguel de Vasconcelos é um canalha conhecido. Poiares Maduro é um canalha que nem sequer será lembrado.

terça-feira, 25 de junho de 2013

VERÃO SEM SUBSÍDIO DE FÉRIAS


Pelo segundo ano consecutivo o governo de traidores PSD-CDS-Troika-Cavaco não pagou o subsídio de férias a todos os funcionários públicos e a todos os reformados e pensionistas.

O governo quer arruinar ainda mais o mercado interno, deixando muitas empresas sem compradores.


Este governo de traidores rasgou o contrato com os reformados, mas não rasgou os contratos com os capitalistas das PPPs nem os com os capitalistas dos contratos «swap».


Esta mulher do PSD, que lesou, gravemente, os contribuintes com contratos «swap» na REFER, faz parte do governo actual abençoado pelo Cavaco.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

DAR LIÇÕES AO MUNDO


Nos Estados Unidos o Estado do Texas prepara-se para atingir o número 500 de execuções desde que restabeleceu a pena de morte em 1982. No Texas o Estado assassinou, com o ritual habitual, por ordem judicial, 499 pessoas. Esta semana será a vez de uma mulher ser executada para ser alcançado o número 500. Chama-se a isto uma lição de Direitos Humanos «urbi et orbi». Acho que deveriam difundir, em directo, pela televisão, a próxima execução, com anúncios publicitários.

BRASIL E ITÁLIA


O OPORTUNISMO POLÍTICO DE DURÃO BARROSO VISTO DA FRANÇA E A CRISE DA UNIÃO EUROPEIA


“«O senhor Barroso é o carburante da Frente Nacional, eis a verdade! E é o carburante de Beppe Grillo.», afirmou Arnaud Montebourg, ministro da Indústria francês, a propósito do actual sucesso do partido de Marine Le Pen no seu país.

Mas explicou porquê e isso é que é importante: «toda esta classe dirigente europeia não vê que a UE é a única região do mundo que organizou, de certa maneira, a sua própria recessão, enquanto o resto do mundo está a crescer». Alguém nega?” (Cit. in blog «Entre as brumas da memória»)


É um facto iniludível, a União Europeia construiu a sua própria recessão. Ângela Merkel, com a cumplicidade da Comissão Europeia e do falso «BCE» aproveitou os problemas gregos para criar a crise sistémica da Zona Euro, com a qual a Alemanha já ganhou 80 mil milhões de euros.

GREVE GERAL 27 DE JUNHO CONTRA O GOVERNO DE TRAIDORES PSD-CDS-TROIKA-CAVACO



domingo, 23 de junho de 2013

DE ROMA A PARIS - A ASCENSÃO DO FASCISMO



A crise da Zona Euro é algo de novo.
A legislação da moeda euro e do falso «Banco Central Europeu» é muitíssimo errada. A Alemanha já ganhou 80 mil milhões de euros com a crise da Zona Euro que empobrece as classes assalariadas e faz disparar o desemprego.
A Alemanha dá ordens na Zona Euro, como se tivesse ganho a II Guerra Mundial.
A traição de François aos ideais socialistas vai mais longe, ele tornou-se súbdito de Ângela Merkel, como Pétain era de Hitler.
Curiosamente, é a extrema-direita fascista de Marine Le Pen que está em grande ascensão na França. Muito curioso seria verificar como os fascistas franceses encaram os alemães, porque, o fascismo apareceu na Itália como uma ideologia nacionalista, com o objectivo de defender os interesses da Itália contra as outras nações. O fascismo alemão, mais conhecido por nacional-socialismo ou nazismo colocava a Alemanha acima de tudo.

Se, o programa de Marine Le Pen for modificar, radicalmente, a Zona Euro, tentando forçar a saída da Alemanha da moeda euro, ou fazendo sair a França do euro caso não consiga a expulsão da Alemanha da Zona Euro, terá hipóteses reais de formar governo em França, porque a causa da crise em França são as perversas leis da moeda euro e do falso «BCE», que favorecem Berlim.

A ESCANDALOSA CORRUPÇÃO DO CASO LUSOPONTE ENVOLVE O PSD FERREIRA DO AMARAL E A MOTA-ENGIL QUE JÁ FOI PRESIDIDA PELOS PS JORGE COELHO


Um caso gravíssimo de corrupção em Portugal é o caso «Lusoponte», que envolve o governo de Cavaco Silva. O ministro do PSD Ferreira do Amaral arranjou um monumental «tacho» na «Lusoponte». A gravidade do caso «Lusoponte» põe em causa o rotativismo da III República, porque a «Mota-Engil», que já foi presidida pelo PS Jorge Coelho é altamente beneficiada neste caso de corrupção, diante dos nossos olhos. A Parceria Público-Privada com a «Lusoponte» envolve o escandalosíssimo e corruptíssimo pagamento pelos contribuintes portugueses de 400% do que a «Lusoponte» gastou para fazer a ponte Vasco da Gama sobre o rio Tejo. Este pagamento de 4 pontes Vasco da Gama por uma só à «Lusoponte» é da máxima gravidade.

«Em tarde de “Convenção Autárquica”, ou lá como se chama aquilo, onde, segundo consta, terão estado as várias facções do PS, o deputado João Ribeiro subiu à tribuna para atacar o PCP. Poder-se-ia pensar que o esforçado João Ribeiro teria discursado apenas na qualidade de candidato autárquico à Câmara de Setúbal, que como se sabe é presidida pela CDU, e que escolhera, portanto, fazer pela vidinha mais do que pensar que o discurso «lato» poderia ser ligeiramente incómodo para aqueles seus «camaradas» que, atrás de si, andam há meses a clamar por possíveis ‘entendimentos’ e ‘diálogos’. Não considero que se tenha tratado propriamente de erro de táctica política, de mero disparate de principiante, ou de um simples lapso. Não o foi como não foi nenhum «lapso» o recente insulto de Francisco Assis à luta dos professores, colocando-se tão fervorosamente, como se viu, ao lado de Nuno Crato e do governo. Bem pelo contrário. Isto tudo é só o surgimento à superfície daquilo que há de mais verdadeiro e de mais genuíno neste PS e nesta sua trupe de dirigentes. O PS ataca o PCP com a mesma naturalidade, o mesmo jogo político, as mesmas armas e com as mesmas tácticas, com que qualquer outro partido de Direita ataca um partido de Esquerda. Alguns militantes do PS acharão errado, e que a luta do partido não deveria passar por aí. Eu não acho que seja «errado». Acho perfeitamente normal. O PS é precisamente isto. Já só se ilude quem se deixa iludir.» (Ivo Rafael Silva in blog «5 Dias net»)

sábado, 22 de junho de 2013

EM NOME DE QUE DEUS?

«Zeus (em grego antigo: Ζεύς; transl. Zeús; em grego moderno: Δίας, transl. Días), na religião da Grécia Antiga, é o "pai dos deuses e dos homens" que exercia a autoridade sobre os deuses olímpicos como um pai sobre a sua família. É o deus dos céus e dos trovões, na mitologia grega. O seu equivalente romano é Júpiter.» (In «Wikipedia»)

«Um dos muitos habitantes de Jerusalém que tiveram a fatalidade de serem, ao mesmo tempo, israelitas e árabes, fez, há pouco, a sua última visita ao histórico “Muro das Lamentações”. Ali chegado, quis afirmar a sua pública convicção de que o seu “deus” é grande. Enorme erro!
Poderia, como qualquer um de nós, dizer simplesmente “Deus é grande!”... ou Dios es grande, ou Dieu est grande, ou God is great, ou Gott ist groß...  mas não! Levado pela sua manifestamente infeliz natureza de árabe, disse “Alla’hu Akbar”… o que lhe foi fatal!
Um dos “nervosos” seguranças israelitas que por ali andava, despejou-lhe uma interminável rajada de balas no corpo, assassinando-o. Estava desarmado. Não constituía qualquer espécie de ameaça.
Numa trágica ironia, acontece que o “deus” do assassinado e do seu carrasco, é exactamente o mesmo. Acontece também que, desgraçadamente, em nenhuma das duas versões é o que se possa chamar um “deus” grande. Pelo menos não é, nem um milímetro, maior dos que a infinidade de pequenos e médios “deuses” que povoam a História da Humanidade, desde os simples “deuses” das florestas... até ao mais arrogantes e pretensiosos... todos saídos da imaginação temerosa do homem.


Acontece que nenhum desses esteve nem perto de conseguir igualar o número esmagador de seres humanos chacinados em seu nome. Este pobre israelita/árabe foi apenas mais um, numa, aparentemente, imparável lista de actos de profundo ódio que vem desde a casa desavinda de Abraão, passando pelas "Cruzadas", pela "Santa Inquisição", por cada acto terrorista do cobarde fundamentalismo islâmico... até ao intolerante e venenoso "cristianismo" de qualquer beata de uma qualquer das nossas aldeias.» (Samuel in blog «Cantigueiro»)

VERDADE INCONVENIENTE SOBRE AS MANIFESTAÇÕES NO BRASIL


Uma verdade inconveniente sobre as actuais manifestações no Brasil é a presença nelas de grupos fascistas muito bem organizados que proíbem tudo o que faça lembrar a Esquerda como as bandeiras vermelhas, identificadas com os vários sectores da Esquerda brasileira.
Estes grupos fascistas não só proíbem as bandeiras vermelhas como também agridem as pessoas que eles identificam como sendo da Esquerda.

Não podemos esquecer que foi numa grande manifestação em Roma, semelhante, em muitos aspectos, às actuais no Brasil, que Mussolini tomou o poder em Itália.
Algumas das palavras de ordem da manifestação em Roma que levou Mussolini ao poder foram «abaixo os partidos» e «abaixo o poder».

«A Marcha sobre Roma foi uma vasta manifestação fascista, com característica de golpe de Estado, de direita, ocorrida em 28 de Outubro de 1922 na capital da Itália, com o afluxo na cidade de dezenas de milhares de militantes fascistas que reivindicavam o trono da Itália. Este evento representou a ascensão ao poder do Partido Nacional Fascista (PNF) e o fim da democracia liberal, pela nomeação de Benito Mussolini como chefe de governo pelo Rei Vítor Emanuel III.» (In «Wikipedia»)


«Mussolini ordenou em meados de Outubro de 1922 que todos os membros do Partido Nacional Fascista se preparassem para executarem manifestações públicas massivas em todas as principais cidades da Itália, com toda a violência possível, se necessário.» (Idem) 


«Como primeiro-ministro, os primeiros anos do governo de Mussolini foram caracterizados por um governo de coligação de Direita composta por fascistas, nacionalistas, liberais, e dois clérigos católicos do Partido Popular (PP).» (Idem)

O GOLPE DE ESTADO DO CAVAQUINHO


Coelho, Gaspar e Cavaco ao não obedecerem à Constituição e ao Tribunal Constitucional ao proibirem o pagamento do subsídio de férias antes das férias a todos os funcionários públicos, reformados e pensionistas, fizeram um mini golpe de Estado palaciano.
A desobediência do presidente da República à Constituição e ao Tribunal Constitucional é, de facto, um golpe de Estado palaciano.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

AS CONVULSÕES SOCIAIS NO BRASIL


“«Vamos esquecer toda essa confusão que está acontecendo no Brasil e vamos pensar que a seleção brasileira é o nosso país, é o nosso sangue» (Pelé)
É uma velha e farta tradição, alimentada por muitos futebolistas, descontados aqueles que não dizem nada e aqueles que sabem o que dizem:
Ao mesmo tempo que lhes vão saindo maravilhas dos pés... saem-lhes rios de asneiras pela boca fora!
Por este andar... haverá (espero!) cada vez mais gente a esquecer os “Pelés” deste mundo... e a pensar nas suas próprias vidas e no futuro dos seus filhos. Cada vez haverá mais gente a trazer para as ruas a sua indignação e palavras de ordem como esta:
«Brasil, vamos acordar! Um professor vale mais que o Neymar!»” (Samuel, in blog «Cantigueiro»)


Não partilho a posição de que o desporto é um mal, mas acho que o dinheiro com eventos desportivos deve ser gasto com muita moderação.
Contrariamente a Pelé, o ex-futeblista da selecção de futebol do Brasil Romário acha que as manifestações contra os gastos com a organização pelo Brasil da Copa do Mundo de futebol 2014, devem ser lembradas e analisadas em profundidade, porque são expressão de grande descontentamento.
Eu, pessoalmente, acho que as manifestações, no essencial, são contra as desigualdades sociais e contra a não aplicação de dinheiros públicos no combate a essas desigualdades sociais. Ora, a aplicação de dinheiros públicos em gastos com eventos desportivos muito caros faz com que esses mesmos dinheiros públicos não sejam aplicados na construção de infra-estruturas que melhorem a qualidade de vida das populações fora da alta burguesia.
A melhoria da qualidade de vida no Brasil fora da alta burguesia, com Lula da Silva, deu origem à ideia correcta de que é possível melhorar muito mais. Em síntese, a maioria dos manifestantes exigem uma mais justa distribuição da riqueza, proporcionada pelo crescimento económico do Brasil. Parece-me que é isso que tem de ser feito, porque os países, como o Brasil, em que ainda no século XIX a escravatura era muito importante na economia, têm as desigualdades sociais muito acentuadas. É preciso continuar a fazer crescer o número de pessoas que sobem às classes médias e a dar-lhes melhores condições de vida, porque são cada vez mais exigentes, quando deparam com uma alta burguesia riquíssima.
E é preciso também melhorar, consideravelmente, a qualidade de vida das classes sociais mais desfavorecidas.

Quando o Brasil tiver dinheiro para isso deve construir algo semelhante ao modelo social europeu, que agora está em retrocesso – um sistema público de saúde de qualidade para todos, um sistema de ensino de qualidade para todos, e urbanizações e habitações com um mínimo de qualidade para todos.

BRASIL EM CRESCIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL E PORTUGAL EM RETROCESSO CIVILIZACIONAL

No Brasil, que desde Lula da Silva está em crescimento económico e em progresso social, com a saída de milhões de pessoas da miséria, assiste-se a grandes manifestações contra o governo e contra o regime.
A Esquerda, actualmente, está num grande vazio ideológico, pelo colapso do marxismo-leninismo por razões de erros teóricos e pelo facto de a «Internacional Socialista» ter virado neoliberal.
Os protestos contra os gastos excessivos no Brasil com a organização do Campeonato do Mundo de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016 estão a ser aproveitados por grupos fascistas e anarquistas, que na prática, são muito parecidos, pois são ambos contra a Democracia e o Estado de Direito e que se dedicam a destruir bens móveis e imóveis, incluindo edifícios governamentais.
Se o caos se instalar no Brasil será o fascismo que voltará ao poder.
A tentativa de assalto ao Palácio presidencial, em Brasília, se tivesse tido êxito, depreende-se que tivesse por objectivo o assassinato da presidente da República Dilma Rousseff, democraticamente, eleita.

Em Portugal estamos num retrocesso civilizacional, que representa também a fascização do regime com Passos, Gaspar e Cavaco a desrespeitarem o Tribunal Constitucional, grosseiramente, no caso da recusa em pagar o subsídio de férias antes das férias. Estamos numa espiral recessiva, em ambiente de fuga legal aos impostos, por elementos da alta burguesia que os vão pagar à Holanda, e de permanente aumento das falências de empresas e do desemprego.


quinta-feira, 20 de junho de 2013

O IMPERIAL-COLONIALISMO DA NATO


«Un «León Impaciente» por destrozar su presa»
por Manlio Dinucci
«Mientras los jefes de Estado y de gobierno del G8 confirman su desacuerdo sobre el tema sirio, las potencias de la OTAN y los países del Consejo de Cooperación del Golfo realizan en Jordania las maniobras Eager Lion. Se trata de la preparación de un ataque contra la fuerza aérea siria, desde Jordania, para impedirle sobrevolar una zona que se transformaría así en santuario para los yihadistas internacionales. Contrariamente a lo que afirma la OTAN, ese tipo de operación sí exige una autorización del Consejo de Seguridad de la ONU.»
«Cuando el presidente [italiano Giorgio] Napolitano se reunió el año pasado, en Jordania, con el rey Abdallah II, expresó «la alta consideración con la que ve Italia la voluntad de paz y la línea de moderación que siempre ha seguido la dinastía hachemita». Debe ser con esa perspectiva que Italia participa ahora en Jordania en las maniobras Eager Lion [en español, «León Impaciente»] que vienen desarrollándose –bajo las órdenes de Estados Unidos– desde el 9 hasta el 20 de junio. En ellas participan 19 países, movidos por el «objetivo común de fortalecer la seguridad y la estabilidad regional» amenazadas –los participantes no tienen la menor duda de ello– por la Siria de al-Assad, que utiliza armas químicas para aplastar la rebelión.

«Pruebas» de ello han sido proporcionadas por la CIA, la misma agencia que hace 10 años proporcionó la documentación fotográfica –mostrada por Colin Powell al Consejo de Seguridad de la ONU– sobre la posesión por Irak de 500 toneladas de armas químicas y biológicas y de laboratorios móviles para la guerra bacteriológica. Luego se supo, lo reconoció el propio Powell, que no existían tales armas y que los «laboratorios móviles» en realidad eran generadores de gas para globos aerostáticos utilizados con fines meteorológicos. Pero ya todo estaba resuelto: las «pruebas» de la CIA habían servido para justificar la guerra contra Irak.

Poco importaría que, después de ganar la guerra contra Siria, se descubriese que en realidad fueron los «rebeldes» quienes utilizaron las armas químicas, como lo declaró Carla del Ponte, investigadora del Alto Comisariado para los Derechos Humanos sobre crímenes de guerra. Según la perentoria opinión de Washington, Siria ha pisado la «línea roja» y el presidente Obama ha decidido, muy a su pesar, entregar armas a los «rebeldes».

Pero no se habla del hecho, revelado el 26 de marzo [de 2013] en una investigación publicada en el New York Times, que desde enero de 2012 la CIA hace llegar armas a los «rebeldes» a través de un puente aéreo que pasa por Turquía y Jordania, donde además entrena las fuerzas que se infiltran en Siria.

Ese es el telón de fondo de Eager Lion, un verdadero ejercicio de guerra con fuerzas aéreas, aerotransportadas, navales, anfibias y terrestres en el que participan más de 8 000 hombres. Y hay entre ellos militares italianos, probablemente del 185º regimiento de Reconocimiento y Señalamiento de Objetivos de la Brigada Folgore [En español, Relámpago.], que se verán junto a militares imbuidos de una fe democrática excepcional, como los sauditas, los yemenitas y los qataríes. Todos están allí bajo las órdenes del Mando Central de Estados Unidos [USCENTCOM o United States Central Command], cuya «área de responsabilidad» se extiende sobre el Medio Oriente y el Asia Central (incluyendo Siria, Irak, Irán y Afganistán], más Egipto.

El verdadero objetivo de Eager Lion salta a la vista cuando se sabe que, al final de ese ejercicio, el Pentágono dejará en Jordania los aviones de combate F-16 y los misiles tierra-aire Patriot participantes. Estos se agregan a los Patriots estadounidenses, alemanes y holandeses ya desplegados anteriormente en Turquía, [más precisamente] en la frontera con Siria. Así que todo está listo para la proclamación de una «zona limitada de no sobrevuelo» de 40 kilómetros dentro del territorio sirio, lo cual –según funcionarios estadounidenses entrevistados por el Wall Street Journal– serviría para «proteger los campos de entrenamiento de los rebeldes y el envío de armas».

La zona de no sobrevuelo sería impuesta por los aviones de combate estadounidenses que, despegando desde Jordania o desde portaaviones, podrán destruir con sus misiles los aviones y las defensas antiaéreas de Siria sin sobrevolar su territorio. Así que la zona de no sobrevuelo «no requerirá una resolución del Consejo de Seguridad de la ONU». El costo previsto es de «solamente» 50 millones de dólares (37 millones de euros) diarios que, asegura Washington, serían pagados también por los aliados.

Todavía no se sabe cuánto tendrá que pagar Italia. Pero podemos estar seguros de que el gobierno sabrá encontrar la plata, exprimiendo los fondos públicos y decretando nuevos recortes en los gastos sociales.

Manlio Dinucci
Fuente
Il Manifesto (Italia)
        

Traducido al español por la Red Voltaire a partir de la versión al francés de Marie-Ange Patrizio» (In «Red Voltaire»)

COELHO, GASPAR E CAVACO SÃO CONTRA O ESTADO DE DIREITO



Este trio PSD, Coelho, Gaspar e Cavaco desrespeitaram o Tribunal Constitucional, proibindo o pagamento do subsídio de férias aos funcionários públicos e aos reformados, antes das férias.
A Câmara Municipal de Lisboa já pagou o subsídio de férias aos seus funcionários. O seu presidente, António Costa do PS limitou-se a cumprir as leis do país.

Cavaco, Coelho e Gaspar não cumprem as leis de Portugal, governam em Ditadura.


É humilhante viver num país como Portugal em 2013.

Os jornalistas mentem descaradamente nos principais órgãos de comunicação social, televisões, jornais e rádios. Disseram muitos e muitas que Cavaco autorizou o pagamento do subsídio de férias aos funcionários públicos e reformados. No entanto, o que Cavaco fez foi o contrário, proibiu o pagamento do subsídio de férias aos funcionários públicos e aos reformados antes das férias. Esse pagamento (se for feito) será em Novembro, mas as férias são em Junho, Julho, Agosto e Setembro.



quarta-feira, 19 de junho de 2013

CORRUPÇÃO PSD EM ESTADO PURO DIANTE DOS NOSSOS OLHOS

ESCREVER EM BLOGS


«Não estou desempregada, não tenho filhos. Mantenho as duas mãos e a cabeça, hoje um pouco mais levantada ao integrar a brigada revolucionária que compõe este blogue.

Entre as diferenças, juntar-se-ão as nossas mãos tantas vezes às causas que nos são comuns.

Entre as letras, talvez mais e mais se vão juntando. Lendo o que não conseguem ler noutros sítios. Vendo o que não podem ver noutros locais. Relatos na primeira pessoa ou opiniões sobre tudo e mais um par de botas.

Mas para já, e para dar o pontapé de saída, duas palavras apenas, porque a maioria de nós, todos os dias, vai perdendo, porque lhas roubam violentamente, partes de si e dos seus antepassados.» (Lúcia Gomes in blog «5 Dias net»)

Escrever em blogs é um exercício da liberdade de expressão de pensamento. É um acto de resistência contra o domínio dos meios de comunicação social tradicionais pela alta burguesia e pelos seus capatazes e colaboracionistas.
A blogosfera (conjunto dos blogs) é considerada uma «rede social».
Uma característica da internet pt é a Censura, chamada de «Moderação nos comentários».
Os jornais portugueses fazem Censura a que chamam «Moderação nos comentários». O jornal «Diário de Notícias» net diz que não faz Censura nos comentários, mas faz como o jornal «Público» net. A diferença é que o jornal Público assume que pratica a Censura a que chama «Moderação nos comentários» e o «Diário de Notícias» faz a mesma Censura que o «Público», mas diz que não faz, não assume.
Os blogs de política fazem quase todos Censura a que chamam «Moderação nos comentários», tanto os de Direita, como os do Centro como os da Esquerda. Há, no entanto, blogs de política sem Censura («Moderação nos comentários»).
Apesar das dificuldades de alguém associar-se a blogs de política sem alinhamento partidário, a blogosfera está a fazer perder audiência aos jornais e revistas em papel, não apenas em Portugal. Um exemplo é o caso da revista dos Estados Unidos «Newsweek», que teve que acabar com a edição em papel.
Relativamente ao blog marxista pt «5 Dias net» o que eu acho uma omissão grave é não fazer a análise exaustiva do conceito «ditadura do proletariado», conceito que eu acho muito negativo.

O caracteriza 2013 é um vazio intelectual muito grande no campo da Esquerda, que necessita de ser preenchido com ideias novas, porque não chegámos ao «fim da História», a evolução da Humanidade continua. Daqui por 3 anos Passos Coelho já não será primeiro-ministro, daqui por 10 anos não faço ideia de como estará o Mundo e muito menos daqui por 100 anos e muito menos ainda daqui por mil anos, mas a evolução da Humanidade continua.



O OVO DA SERPENTE OU O INÍCIO DA CORRUPÇÃO


A JSD é uma Escola de Corrupção. Os elementos desta organização ascendem a empregos pelo regime de compadrio, sem mérito, sem competência, sem consciência moral e ética. Alguns e algumas tornaram-se assessores e assessoras de governantes e, em 2012, receberam o subsídio de férias e o subsídio de Natal.

«Para Mário Nogueira, esta é "uma situação muito diferente daquela que existe, por exemplo, na Assembleia da República, nomeadamente entre os deputados da JSD que nunca fizeram nada da vida e quando começam nos seus empregos políticos têm imediatamente o salário de deputados. Ou seja, nunca poderiam ter o salário daquilo que é o seu emprego porque nunca tiveram o seu emprego, verdade se diga".» (In jornal «i» net)


«Ameaças à democracia

«Os oito deputados da JSD - um bando de inúteis que nunca fizeram outra coisa na vida a não ser mamar na teta do partido e dos contribuintes - entregaram hoje um requerimento ao Ministério da Educação perguntando quantos sindicatos existem no sector da Educação e qual o valor transferido do Orçamento para os sindicatos. Esta tentiva de pressão sobre os sindicatos não é de agora. Já se tornou mesmo uma marca deste Governo - começou com a propaganda contra os sindicatos de estivadores e dos transportes e culminou com a ameaça de alteração da lei da greve depois de ter perdido a batalha com a FENPROF. Mário Nogueira respondeu à altura a este requerimento proto-fascista - os sindicatos da educação vivem das quotas dos sindicalizados e os seus dirigentes recebem um ordenado pelo seu trabalho.


Na realidade, a falta de cultura democrática de Hugo Soares, líder da JSD, não é diferente dos desvios à Constituição e à lei ensaiados por outro antigo líder da JSD, Pedro Passos Coelho. Esta direita revanchista não ignora apenas as regras democráticas; subverte-as, desdenhando e insultando o Estado de Direito, porque não tem qualquer respeito pelo sistema democrático. Os inúteis da JSD são a vanguarda deste revanchismo ignorante. Apenas isso.» (Sérgio Lavos in blog «Arrastão»)

PROTESTOS FIZERAM BAIXAR OS TRANSPORTES URBANOS NO BRASIL


Não vivemos num Mundo perfeito.
Os grandes países americanos que foram colónias europeias, os Estados Unidos (da Inglaterra) e o Brasil (de Portugal), mantiveram a escravatura até à segunda metade do século XIX.
Ora, os países onde a escravatura teve um papel fundamental na economia do século XIX, criaram sociedades altamente desigualitáraias. Tanto os Estados Unidos como o Brasil têm grandes desigualdades sociais. O capitalismo nos Estados Unidos tem sido bastante eficiente, depois de Franklin Roosevelt, abandonar a política de austeridade e desenvolver uma política de crescimento económico, durante a Grande Depressão causada pelo colapso da bolsa de Nova Iorque na Quinta-feira Negra, 24 de Outubro de 1929. Na década de 1960 acabou a regime de Apartheid nos Estados Unidos e no século XXI os eleitores e as eleitoras brancos elegeram por duas vezes um presidente negro, Barack Obama, o que em termos sociais representou uma grande aceleração do processo histórico nos Estados Unidos.
No Brasil a vitória eleitoral presidencial de Lula da Silva deu origem a uma época de prosperidade muito positiva, que permitiu a diminuição das desigualdades sociais.
O capitalismo do Brasil não tem a pujança do capitalismo dos Estados Unidos, mas está numa fase de desenvolvimento económico e social.
Os brasileiros e brasileiras elegeram para a presidência da República, pela primeira vez, uma mulher, Dilma Rousseff. O Brasil de Dilma Roussseff é cada vez mais exigente, e questiona os gastos muitíssimo elevados na organização do Campeonato Mundial de futebol de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, associados à subida dos preços dos transportes.
Esta a causa da revolta, gastos muito elevados em dois eventos desportivos, associados a subidas dos preços dos transportes urbanos. As duas coisas juntas não batem certo.
No entanto, é bom não esquecer, que entre os manifestantes estavam organizações fascistas que defendem para o Brasil um regime fascista igual ao de Pinochet no Chile ou ao de Videla na Argentina, que, em Salvador, derrubaram todas as bandeiras vermelhas, que representavam organizações de Esquerda.
Porém, houve recuos evidentes nos preços dos transportes e o Brasil continua a crescer e o povo é cada vez mais exigente.

«A onda de protestos pelo país teve resultado prático nesta terça-feira (18). Até as 16h30, sete prefeituras de capitais anunciaram redução do preço das tarifas de ônibus. Cuiabá, João Pessoa, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife e Vitória. Em São Paulo, onde surgiu o Movimento Passe Livre, o prefeito Fernando Haddad (PT) recuou e disse que já pensa em rever o aumento de R$ 3 para R$ 3,20.

O prefeito se comprometeu, nesta terça-feira, a examinar a planilha de custos de transporte do município para "refletir no que eu poderia cortar de serviços para viabilizar a redução da tarifa". Ele, no entanto, não revogou o aumento durante a reunião do Conselho da Cidade, que foi praticamente unânime ao pedir a suspensão do novo valor de R$ 3,20.

A primeira capital a anunciar redução de preços foi Porto Alegre, onde o prefeito de José Fortunati (PDT) disse que enviará ainda hoje à Câmara de Vereadores um projeto de lei que isenta as tarifas de ônibus do ISS (Imposto sobre Serviços), PIS e Cofins. Com isso, segundo Fortunati, a tarifa baixará dos atuais R$ 2,85 para R$ 2,80. A redução, de acordo com o prefeito, será imediata

Outra capital que se apressou em reduzir o preço das passagens foi Cuiabá. Mesmo sem ser palco de protestos na segunda-feira (17), a prefeitura anunciou que vai reduzir em R$ 0,10 a tarifa do transporte coletivo, caindo para R$ 2,85.

O novo valor passará a valer a partir da meia-noite desta quarta-feira (19). De acordo com a prefeitura da cidade, a redução também está baseada na MP (Medida Provisória) 617. A estimativa é de que o transporte público de Cuiabá atenda a cerca de 330 mil usuários diariamente.

Em Vitória, a isenção do PIS/Cofins permitiu reduzir a tarifa de ôibus dos atuais R$ 2,45 para R$ 2,40. Também em Manaus foi iniciativa da prefeitura de diminuri o valor da passagem, que recuou de R$ 3 para 2,90

Outras três capitais do Nordeste também anunciaram redução
Na região metropolitana do Recife (RMR), as passagens intermunicipais vão diminuir, anunciou o o governador Eduardo Campos (PSB), na manhã desta terça-feira. O valor do anel A, por exemplo, vai cair de R$ 2,25 para R$ 2,15.

A redução do preço, que deve entrar em vigor a partir dessa quinta-feira (20), foi provocada pela decisão do governo do Estado de repassar a desoneração do PIS/Cofins feita pelo governo federal.

A tarifa vai diminuir em R$ 0,10 em todos os anéis. O preço do anel B vai passar de R$ 3,45 para R$ 3,35. O D vai deixar de ser R$ 2,75 e vai custar R$ 2,65. O anel G, mais barato, que vale R$ 1,50 atualmente, passando a ser R$ 1,40.

Em João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo (PT) também anunciou nesta terça-feira a redução das tarifas na capital paraibana. As passagens nos coletivos irão passar de R$ 2,30 para R$ 2,20, preço praticado antes do último reajuste. O novo valor será válido a partir do dia 1º de julho.

De acordo com Cartaxo, a redução foi possível por causa da extinção, por parte do Governo Federal, de dois impostos específicos que incidiam sobre as tarifas: a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e o Programa de Integração Social (PIS).

Em Natal, uma medida provisória zerou os impostos e permitiu a redução de R$ 2,40 para R$ 2,30.

Além das capitais, Pelotas, no Rio Grande do Sul, também anunciou redução no preço das passagens. Lá, a prefeitura anunciou que haverá redução de R$ 0,15 e o novo valor R$ 2,60. A redução ocorreu por meio de decreto assinado pelo prefeito, Eduardo Leite.



De acordo com informações da prefeitura, a redução foi possível devido à Medida Provisória (MP) 617, de 31 de maio de 2013, do governo federal, que zera o PIS/Pasep e Cofins incidentes sobre a receita da prestação de serviços de transporte coletivo de passageiros.» (In «UOL»)

A TROIKA FAVORECE OS CAPITALISTAS E EMPOBRECE OS ASSALARIADOS


«O FMI, no fundo, queixa-se das pessoas que sempre povoam uma economia, das suas lógicas de reciprocidade, das normas e direitos que ainda sobrevivem e que garantem as cada vez mais pequenas ilhas de civilidade num oceano de selvajaria. O FMI quer, olha a surpresa, continuar a cortar directamente nos salários e pensões públicos e indirectamente nos privados, através do contágio, cada vez mais facilitado pela redução de direitos e aumento de obrigações laborais, ou seja, pelo aumento de direitos e redução de obrigações patronais. A esta tendência, em decisiva aceleração, mas que dura há mais de uma década, chama-se redução da rigidez, o que diz tudo sobre a ideologia desta gente. Esta redução é acompanhada por centenas de milhares de postos de trabalho destruídos, cerca de 450 mil depois da troika, o que diz tudo sobre a validade desta ideologia. Eugénio Rosa tem um gráfico sobre o verdadeiro sucesso de Gaspar e destes seus amigos:» (In blog «Ladrões de Bicicletas»)