sábado, 31 de janeiro de 2015

PUTIN TEM MEDO DE RASGAR O MAPA DA RÚSSIA FEITO POR ESTALINE, MAS JÁ RASGOU E QUEIMOU O QUE FOI FEITO POR KRUTCHOV


Krutchov prejudicou a Rússia para além do minimamente aceitável e o seu mapa da Rússia já foi rasgado e queimado por Putin.
No entanto, Lenine e Estaline retiraram territórios históricos à Rússia que atribuíram à Ucrânia. Na II Guerra Mundial quem venceu a Alemanha nazi na frente Leste foram os povos russos, mas quem recebeu a maioria dos territórios anexados foram a Ucrânia e a Bielorrússia, ficando apenas para a Rússia Kalininegrado, a parte mais para Leste da Prússia Oriental.
Estaline fez recuar a fronteira Leste da Alemanha mil anos, para a margem esquerda dos rios Óder e Neisse (linha Óder-Neisse) e deu à Polónia uma parte da Alemanha maior que Portugal.


(I Reich, no século X, antes da expansão para Leste)

(II Reich com as conquistas para Leste, iniciadas no século dez)
(República Alemã de Weimar)

(III Reich)

                                        (Alemanha 1945)

Como compensação retirou à Polónia os territórios do Leste, que entregou à Ucrânia e à Bielorrússia. Com a Ucrânia e com a Bielorússia nem sequer utilizou o mesmo critério que usou com a Polónia, fez crescer a Polónia Para Oeste com territórios anexados à Alemanha (anulando, totalmente, as conquistas alemãs para Leste, iniciadas no século dez), mas retirou à Polónia territórios do Leste, como vimos. Podia ter feito o mesmo com a Ucrânia e coma Bielorrússia, fê-las crescer para Oeste com territórios conquistados pelos russos, mas não retirou parte dos territórios do Leste à Ucrânia e à Bielorrússia, entregando-os à Rússia.
                               (Mapa de Krutchov, que retirou a Crimeia à Rússia, em 1954)

Mapa(s) da Ucrânia, de Lenine, Estaline e Krutchov, a seguir:


Este mapa de Estaline foi rasgado pelos povos russos do Leste da Ucrânia, mas Putin, formado no estalinismo, treme quando tenta rasgar o mapa feito por Estaline…


A ASCENSÃO DO SYRIZA E DO PODEMOS OU A REVOLTA CONTRA A CAPITULAÇÃO DA INTERNACIONAL SOCIALISTA


O Podemos hoje realizou uma grande manifestação em Madrid, avançando para uma forte votação nas próximas eleições da Espanha.


O Syriza está no poder na Grécia, e dentro de poucos meses o SPD vai confrontar-se com o apoio a empurrar a Grécia para fora da moeda euro por Ângela Merkel, ou fará cair o governo da Alemanha.
A traição do SPD irá até ao fim?

Vivemos tempos de mudança, e a União Europeia não é nenhuma União, mas um conjunto de países que se roubam uns aos aoutros.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A ESTUPIDEZ EM ESTADO PURO VISTA POR VPV

"Não sou professor e também não entendi


Por uma vez de acordo 
com Vasco Pulido Valente


(...)
De qualquer maneira, a pergunta da PACC em que os professores mais falharam acabou por ser a seguinte: “O seleccionador nacional convocou 17 jogadores para o próximo jogo de futebol(para que seria?). Destes 17 jogadores, 6 ficarão no banco como suplentes. Supondo que o seleccionador pode escolher os seis suplentes sem qualquer critério que restrinja a sua escolha, poderemos afirmar que o número de grupos diferentes de jogadores suplentes (é inferior, superior ou igual) ao número de grupos diferentes de jogadores efectivos.” Excepto se a palavra “grupo” designar um conceito matemático universalmente conhecido, a pergunta não faz sentido. Grupos de quê? De jogadores de ataque, de médios, de defesas? Grupos dos que jogam no estrangeiro e dos que, por acaso, jogam aqui? Não se sabe e não existe maneira de descobrir ou de responder. O dr. Crato perdeu a cabeça.
(...)
Uma pessoa pasma como indivíduos com tão pouca educação e tão pouca inteligência se atrevem a “avaliar” alguém.»" (In blog «O TEMPO DAS CEREJAS 2»)

A ALEMANHA ESTÁ EM GUERRA EM DUAS FRENTES, CONTRA A GRÉCIA E CONTRA A RÚSSIA


No século XX a Alemanha provocou duas guerras mundiais e começou em ambas a vencer, mas no fim…
Ângela Merkel está em guerra financeira contra a Grécia e quer, claramente, empurrar a Grécia para fora da moeda euro e está em guerra com a Rússia com tiros, bombardeamentos e matanças de civis. A Alemanha utiliza os sub-contratados que pôs em Kiev na guerra quente contra a Rússia e os povos russos.

É este o ponto da situação hoje. A Europa está de novo em guerra, com tiros e bombardeamentos. A Alemanha quer vingar-se do aniquilamento militar que sofreu em 1945… 

KIEV PERDEU O AEROPORTO DE DONETSK E SOFREU PESADAS BAIXAS EM HOMENS E TANQUES


«Kiev no escatima esfuerzos para convencer a la opinión pública ucraniana de que "no hay bajas" y que "el enemigo está derrotado". No obstante, los piratas informáticos de CiberBerkut que han tenido acceso al ordenador del fiscal militar de Ucrania aseguran que la situación es muy diferente.
(…)
Según explican los 'hackers' en su página web, el precio de la 'guerra relámpago' ha resultado alto: en tan solo dos semanas las Fuerzas Armadas de Ucrania perdieron 1.100 soldados, en el campo de batalla hay más de 100 tanques destruidos, decenas de soldados ucranianos se han entregado prisioneros o han sido apresados. "Hoy en día estas terribles cifras son uno de los secretos mejor guardados de la junta de Kiev", enfatizan.

"Las tropas están desmoralizadas y se rinden, no hay reservas, la movilización funciona mal, reclutas huyen a Rusia u Occidente", relata CiberBerkut, agregando que en un momento de pánico el mando del Centro Antiterrorista publica órdenes "insensatas".


"Los comandantes de destacamentos militares deben facilitar los datos [sobre las bajas] solo al Centro Antiterrorista del Servicio de Seguridad de Ucrania", reza una de estas órdenes. Otra prohíbe a los departamentos médicos militares hacer informes que incluyan datos verdaderos sobre las bajas en la zona de la operación militar.» («RT»)

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

A DITADURA DE BERLIM E DOS SEUS LACAIOS DESCOBRIU QUE NÃO PODE DAR OPINIÃO PELO SYRIZA

«Grecia denuncia manipulación de la Unión Europea sobre Ucrania

  
+

El gobierno del nuevo primer ministro de Grecia Alexis Tsipras protestó enérgicamente contra la Declaración de los jefes de Estado y de gobierno de la Unión Europeaque atribuye a los «separatistas» el «bombardeo indiscriminado» contra la ciudad de Mariupol y amenaza a Rusia con la adopción de nuevas sanciones [1].
Tsipras reveló que Grecia no fue consultada y que la publicación de dicha declaración constituye una violación de los procedimientos de la Unión Europea.
Según EU Observer, Hungría, Eslovaquia y Austria trataron infructuosamente de modificar el proyecto de declaración suprimiendo la parte donde se atribuye el ataque a los independentistas.
Cronología
- 24 de enero de 2015: ataque contra Mariupol por el ejército de Ucrania
- 25 de enero: el partido de Alexis Tsipras gana las elecciones legislativas en Grecia
- 26 de enero: el présidente de la Unión Europea, Donald Tusk, felicita a Alexis Tsipras por la victoria de su partido
- 27 de enero: la Unión Europea publica la Declaración de los jefes de Estado y de gobierno (fechada el 26 de enero) en momentos en que los miembros del nuevo gobierno de Grecia están prestando juramento
- 28 de enero: el nuevo gobierno de Grecia denuncia la violación de los procedimientos de la Unión Europea
[1] «Declaración de los jefes de Estado o de Gobierno de la Unión Europea sobre Mariupol», Red Voltaire, 27 de enero de 2015. »In «Red Voltaire»)

OS TRAIDORES DOUTORADOS VITAL MOREIRA E PAULO RANGEL INIMIGOS DA INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL DIABOLIZAM O SYRIZA E LAMBEM AS BOTAS ALEMÃS

Estes dois traidores repugnantes, que acham que o Tribunal Constitucional português deve desprezar a Constituição de Portugal e obedecer ao traidor Passos Coelho e a Ângela Merkel, representam o mesmo que Miguel de Vasconcelos representou.


Vamos explicar melhor o pensamento destes traidores e de outros como eles. Eles são a favor de Berlim, que excluiu os desempregados há 3 meses do Serviço Nacional de Saúde da Grécia. Assim, uma mulher com cancro da mama, desempregada há 3 meses deve morrer mesmo, embora, medicamente, fosse possível curá-la.

JOSÉ SÓCRATES PARA GUANTÁNAMO





JUSTIÇA DE TERROR


Há momentos que têm de causar um sobressalto cívico. Não, não falo apenas de advogados e advogadas, como eu; não, não falo de se gostar ou não do arguido (eu gosto); trata-se de defender o Estado de direito que rompeu com o fascismo. Saber que Carlos Alexandre terá escrito que a medida de coação aplicada a José Sócrates “ a pecar, não seria por excesso”, causa terror. Pondo de parte o juízo de culpabilidade antecipada, sendo a prisão preventiva a medida de cocção mais gravosa que o nosso sistema conhece, o que queria o licenciado em direito e juiz Carlos Alexandre? Chibatadas públicas?» (In blog «Aspirina B»)

Conforme o exposto atrás, o juiz Carlos Alexandre deveria ter condenado José Sócrates a prisão preventiva no Campo de Tortura de Guantánamo.


«MARCELO E JUDITE RIDÍCULOS



RIDÍCULOS, MAS NÃO SÓ




Para não terem de abrir o programa com a entrevista de José Sócrates à TVI, Marcelo e Judite alteraram o seu formato e fizeram o comentário da semana dia a dia, cronologicamente. Ridículos, sumamente ridículos. No caso dela acumula o ridículo com a falta de ética profissional.

Sócrates acabou por entrar como penúltimo tema do comentário. Algo, porém, Marcelo aprendeu entretanto sobre a prisão de Sócrates. Mais vale tarde do que nunca. Aprendeu que Sócrates está preso por enriquecimento ilícito. E reconheceu que para o condenar vai ser preciso que a acusação prove que o dinheiro que Santos Silva entregou a Sócrates é realmente deste e não daquele. E reconheceu também que não basta esta prova. A acusação vai ter ainda de provar que Sócrates adquiriu esse dinheiro ilicitamente, por corrupção ou qualquer outro meio ilícito.

Ou seja, reconheceu que a situação de Sócrates é exactamente aquela que descrevemos no último post. Mas não tirou a conclusão que se impunha: que estando Sócrates preso por um crime que não existe no ordenamento jurídico português e não existindo também neste momento prova que justifique a ilicitude daquele enriquecimento, que por sua vez é meramente presumido, Sócrates deve ser libertado. Deve ser libertado porque nem sequer a condição necessária da prisão preventiva existe e muito menos se verifica qualquer uma das três situações (subsequentes) que a podem legitimar.

Marcelo não tirou esta conclusão e agora é a nossa vez de presumir: presumivelmente porque tendo sido criado e educado no seio do fascismo, paredes meias com o salazarismo e em grande intimidade com o marcelismo, nem sequer lhe passa pela cabeça que deva ser posto em liberdade alguém sobre quem recaem suspeitas de ter praticado ilegalidades, apesar de não haver provas que juridicamente sustentem essa suspeita. Isto, porque no fascismo a prisão preventiva tinha exactamente esse objectivo: obtenção da prova e atemorização do suspeito. Afinal, estamos mais próximos da Santa Inquisição do que supúnhamos.

A nossa presunção só não será legítima se Marcelo demonstrar que foi por outra razão que não tirou a conclusão que se impunha. Uma vez que é a ele, de acordo com a lógica que justifica a prisão de Sócrates, que cabe ilidir a presunção mediante apresentação da contra-prova. A nós basta-nos a presunção…»

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

O GOVERNO DO SYRIZA CONTRA A RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL GERMANÓFILA

Os deuses falsos da Grécia Antiga apesar de falsos ressuscitaram. Os profetas, os sacerdotes e sacerdotisas da religião troikal-neoliberal anunciaram o fim do Mundo, caso o Syrza formasse governo na Grécia. O Syriza está no governo na Grécia e afinal não acabou o Mundo…
O racionalismo não tem estado ao serviço do bem comum.
No século XIX Marx e Engels fizeram a crítica mais profunda às desigualdades do capitalismo, consideradas sagradas, mas o regime criado por Lenine com base nas ideias deles implodiu por contradição frontal entre a teoria e a prática. A actual República da Rússia viu territórios historicamente russos, perdidos por ordem de Lenine e de Estaline, que criaram a URSS em parte à custa de territórios historicamente da Rússia e de povos russos, com critérios hoje postos em causa por povos russos, em guerra com povos estranhos que dominam Kiev, metidos na Ucrânia, muito aumentada, em 1945 por Estaline. A implosão da União Soviética ainda não acabou, está ainda em curso.
A actual República da Rússia está, parcialmente, neutralizada, pelos erros de cálculo de Lenine e de Estaline, na elaboração dos mapas da URSS.

O chamado socialismo democrático, agregado na Internacional Socialista, implodiu ideologicamente.

Assim, temos o ambiente ideal para o delirante imperialismo alemão voltar. Berlim domina a União Europeia, apesar de a Alemanha ter menos território do que a França e do que a Espanha e até menos do que a Suécia. O imperialismo alemão de 2015 baseia-se na incompetência dos dirigentes da França em primeiro lugar e da Itália e da Espanha em segundo lugar.
Este imperialismo alemão de 2015 baseia-se no domínio sobre os outros povos, por estupidez e traição dos governantes dos outros povos. A moeda euro foi feita de maneira a que a Alemanha explorasse os outros povos da Zona Euro, nomeadamente os franceses. Por incompetência, os dirigentes franceses permitiram um euro germanizado e por incompetência ainda maior sugeriram os critérios delirantes do chamado Tratado Orçamental, que é mesmo altamente germanófilo.

É esta dita «União Europeia» dominada pelo imperialismo alemão e pelos seus lacaios que tem que enfrentar o Syriza.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

AUSCHWITZ – A FÁBRICA ALEMÃ DE MATAR PESSOAS FOI FECHADA PELO EXÉRCITO RUSSO-SOVIÉTICO HÁ 70 ANOS


Considerando que o imperador romano Adriano, o mais poderoso de sempre a seguir a Trajano, seu antecessor, foi desfiado pelos judeus, que os esmagou militarmente, que consciente do seu poder não mandou conquistar Jerusalém, mandou arrasar Jerusalém, depois de ter exterminado os dirigentes militares e políticos judeus, cercou os judeus, mas não os mandou exterminar a todos, considerando que Hitler em meados do século XX foi mais longe e mandou exterminar todos os judeus, podemos concluir que sob o ponto de vista ético e moral Hitler, o führer do III Reich da Alemanha estava, muito atrás do imperador romano Adriano, o que demonstra que a evolução para o Mal não parou.

A TROIKA JÁ MATOU MAIS PESSOAS QUE OS TERRORITAS QUE ATACARAM O CHARLIE HEBDO

Em Portugal em macas nos hospitais, sem assistência, na Grécia o SNS foi proibido de atender as pessoas desempregadas há mais de 3 meses. Berlim deu ordem à Troika para matar mesmo.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

O SYRIZA VENCEU QUASE COM MAIORIA ABSOLUTA


Ontem, com base nos elementos que tinha, calculei que o Syriza teria 151 deputados, a maioria absoluta, mas errei por 2, o Syriza conseguiu 149 deputados. Alexis Tsipras já é o primeiro-ministro da Grécia.

A religião troikal-neoliberal do Império dos Vencidos, que é a União Europeia liderada pela awschwitziana Ângela Merkel (totalmente insensível ao mal que fazem a terceiros as suas ideias sádicas e delirantes) e pela carneirada de traidores que estão no poder nos países da Zona Euro.

domingo, 25 de janeiro de 2015

DE AUSCHWITZ A FRANKFURT


Os cães de guarda da Alemanha nas televisões portuguesas não tem parado de ladrar com a vitória do Syriza na Grécia. Estes indivíduos têm a moral de Auschwitz, defendem o nazismo financeiro, a guerra financeira como uma nova forma de guerra, que é uma nova forma de matar pessoas por ausência de tratamento médico e pela fome.

Se o nazismo financeiro de Ângela Merkel triunfar, o Syriza não receberá dinheiro do chamado «BCE» de Frankfurt, e terá mesmo que emitir moeda e terá que não pagar a dívida, ganhando logo, pelo menos 240 mil milhões de euros.

SYRIZA VENCE COM MAIORIA ABSOLUTA


Os cães de guarda da Alemanha nas televisões portuguesas mostram os dentes e dizem que a Alemanha vai destruir a Grécia, «para evitar o contágio». Enquanto estes cães ladram a caravana do Syriza passa…

GRANDE VITÓRIA DO SYRIZA E GRANDE DERROTA DA RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL


É provável que o Syriza vença com maioria absoluta.
Esta vitória do Syriza é uma derrota dos traidores que estão ajoelhados diante da Alemanha, especialmente dos traidores que governam a França (que tem um território maior que o da Alemanha) e a Itália, países que juntos têm muito mais território, muito mais população e muito mais PIB que a Alemanha.

A religião troikal-neoliberal está mal, está a perder a guerra que declarou à Grécia.
Os traidores portugueses da troika interna (Passos, Cavaco e Portas) estão a chorar, lágrimas de raiva, devido à vitória do Syriza.

sábado, 24 de janeiro de 2015

SE O SYRIZA GANHAR AS ELEIÇÕES PERDEM OS PROFETAS DA RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL

Espero que o Syriza ganhe as eleições e assim os profetas e os sacerdotes e sacerdotisas da religião troikal-neoliberal sofrerão pesada derrota.
Se na II Guerra Mundial tivessem combatido contra a Alemanha todos os outros países da Zona Euro, mas só eles, depressa se tinham rendido.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O SYRIZA CONTRA ÂNGELA MERKEL


O Syriza é uma séria ameaça à ditadura de Berlim, numa altura em que a França e a Itália são governadas por homens de inteligência inferior. O Syriza irá fazer o que a França teve medo de fazer e o que a Itália teve medo de fazer. O Syriza irá fazer frente ao Império dos Vencidos que é a União Europeia, dominada por Berlim.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

O SYRIZA CONTRA O SUICÍDIO DEMOCRÁTICO

O suicídio democrático é o facto de as pessoas arruinadas pela austeridade, ordenada por Berlim, votarem nos seus carrascos.
Em Portugal a Troika externa e a Troika interna (Passos, Cavaco e Portas) andam a dizer aos portugueses que passam fome que agora é que estão bem, que quando comiam bem estavam mal; que aqueles que estão desempregados agora é que estão bem e que quando tinham emprego estavam mal; que aqueles cujas empresas foram à falência falidos estão bem, quando as empresas davam lucro estavam mal; que os assalariados do sector público e do privado depois dos cortes que sofreram nos rendimentos estão óptimos, especialmente quando querem pagar as suas contas não têm dinheiro e que antes dos cortes quando o dinheiro chegava e sobrava estavam mesmo muito mal…

A religião troikal-neoliberal está muito mal e os seus crentes já não convencem as vítimas da fome que a fome é saudável e que comer bem faz mal à saúde…

A evolução da Humanidade ainda está numa fase bastante atrasada. A pequena elite da alta burguesia, que representa 1% da população, consegue impor a sua religião neoliberal contra o interesse da maioria das populações. Espera-se, no entanto, que na Grécia haja uma forte votação no Syriza contra a religião troikal-neoliberal.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

CHARLIE E A BARBÁRIE EM NOME DA DEMOCRACIA


O caso Charlie Hebdo deu oportunidade aos que o organizaram o golpe fascista de Kiev, e o extermínio de populações russas por Kiev, que não consideram os palestinianos seres humanos, que não reconhecem o Estado da Palestina contra o Mundo, que organizaram e armaram milícias anti-Assad pondo a Síria a ferro e fogo, como Hollande e Cameron, deu oportunidade a estes vigaristas de se autoproclamarem defensores dos Direitos Humanos (para eles os palestinianos não são humanos).

A seguir, estão a cinzento os países que não consideram os palestinianos seres humanos, como a França de Hollande:

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A «AJUDA DA TROIKA» FOI COMO SE PORTUGAL TIVESSE ENTRADO EM GUERRA COM A ALEMANHA E PERDIDO A GUERRA E A CAPITULAÇÃO IMPLICASSE ESTA AJUDA PARA A RUÍNA DE PORTUGAL


Os salários baixaram, a precariedade laboral também, as falências de empresas também, o desemprego também e o enriquecimento da pequena minoria da alta burguesia aumentou consideravelmente, salvo algumas excepções devidas a má gestão. E a dívida? Aumentou brutalmente…

Passos Coelho, Cavaco e Portas vão abandonar o poder deixando o país arruinado… e orgulham-se disso…

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

LENINE E A COVARDIA DE PUTIN


É factual que a criação da União Soviética em 1922 por Lenine foi um acto contra a República Socialista Soviética da Rússia e contra os povos de língua russa.
A República Socialista Soviética da Rússia foi, seriamente, prejudicada no seu espaço territorial por Lenine e por Estaline e ainda mais por Krutchov.
Putin deitou para o lixo o mapa feito por Krutchov e reocupou a Crimeia. Se fosse corajoso deitava para o lixo os mapas feitos por Lenine e por Estaline e ocupava a parte russa da Ucrânia, com uma invasão clara e rápida e com a ameaça, clara, de uso de armas atómicas para acalmar Berlim, Londres e Paris, porque o verdadeiro medo acalma mesmo.

A covardia de Putin e a sua reverência para com os mapas de Lenine e Estaline é trágica para o povo russo colocado fora da Rússia pelo regime marxista-estalinista e permite que um país militarmente irrelevante como a Ucrânia mate os povos russos, impunemente, sempre que lhe apetece e quando lhe apetece.

A seguir a Rússia em 1914

Como ficou a Rússia depois de Lenine, Estaline e Krutchov lhe terem tirado territórios russos onde vivem povos de língua russa:

Lenine e Estaline viram na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas a Rússia com divisões administrativas, não programaram a URSS para uma possível separação das repúblicas. As divisões administrativas eram as repúblicas. Não previram a separação dessas repúblicas, mas isso aconteceu mesmo. Não foi a criação em si da URSS que prejudicou a Rússia, porque foram criadas repúblicas etnicamente fundamentadas, mas sim o enquadramento de territórios historicamente russos, habitados por populações de língua, fora da República Socialista Soviética da Rússia.

domingo, 18 de janeiro de 2015

A NATO PROCLAMA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E MATOU JORNALISTAS DE TELEVISÕES NA JUGOSLÁVIA, NO IRAQUE, NO AFEGANISTÃO E NA LÍBIA, POR DELITO DE OPINIÃO


Agora que está na moda proclamar a liberdade de expressão e condenar a execução dos jornalistas do Charlie Hebdo, convém lembrar que a NATO é que deu o exemplo ao matar jornalistas, por delito de opinião, em Belgrado, no Iraque, no Afeganistão e na Líbia e destruindo estações de televisão.

Os países da NATO, capitaneados por Washington, também consideram demoníacos órgãos de comunicação social, já bombardearam televisões, por não gostarem da linha editorial das mesmas.

O SYRIZA PODERÁ MESMO PÔR EM XEQUE OS PROFETAS DA RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL, NO PRÓXIMO DOMINGO


É mesmo muito provável que muitos eleitores gregos estejam fartos de votar nos traidores às ordens de Berlim, que têm humilhado a Grécia, e dêem a vitória ao Syriza nas próximas eleições legislativas de domingo 25 de Janeiro de 2015.

(In blog «Entre as brumas da memória»)

OS MEMBROS DO COMANDO QUE REALIZOU O ATAQUE EM PARIS LUTARAM NA SÍRIA CONTRA O REGIME DE ASSAD, FORAM COMBATENTES ANTI-ASSAD APOIADOS PELA NATO

«Los ejecutores del ataque en París lucharon en Siria para derrocar a Assad, declara Lavrov

  
+

El Ministro de Exteriores de Rusia, Serguei Lavrov, ha declarado que el ataque terrorista contra el semanario satírico Charlie Hebdo en París fue perpetrado por personas que lucharon en Siria con el objetivo, apoyado por Occidente, de derrocar al presidente Bachar al-Assad.
Serguei Lavrov, dijo que el ataque terrorista de la semana pasada en París fue perpetrado por individuos que lucharon en Siria contra el gobierno de Bachar al-Assad, lucha apoyada por Occidente, informa TASS.
Según Lavrov, los terroristas no interrumpen su cooperacióny se extienden por todo el mundo. «Esos dos hermanos que atacaron la oficina editorial de la revista en París dominaron el “arte del terror” en Siria, luchando, por cierto, junto a quienes intentaban derrocar a Bashar al-Assad con el apoyo de nuestros colegas de Occidente», dijo el canciller ruso.» (In «Red Voltaire»)

sábado, 17 de janeiro de 2015

CHARLIE HEBDO E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO SITUACIONISTA


Charlie Hebdo, no caso de Maomé, praticou aquilo que se chama liberdade de expressão situacionista, ridicularizou uma civilização não-europeia. Qualquer ditadura permite a liberdade de expressão situacionista, isto é a liberdade de dizer mal dos inimigos do poder.
No caso do ataque informático à Sony estava em causa a liberdade de expressão situacionista, contra um filme norte-americano, que ridicularizava um inimigo político dos Estados Unidos, o dirigente da Coreia do Norte. Se na Coreia do Norte fizerem um filme a ridicularizar o presidente dos Estados Unidos não será proibido, por ser um filme situacionista.
Um comediante francês não-situacionista foi preso por delito de opinião, Dieudonné M’Bala e foi preso onde? Na Arábia Saudita? Não, foi preso na França de Hollande…

«Uma semana depois, as autoridades francesas mostraram que “não são Charlie” prendendo um comediante antissemita, Dieudonné M’Bala, que entre outras barbaridades escreveu, nesse lugar onde se fazem hoje todas as asneiras, o Facebook, a frase “Je suis Charlie Coulibaly”. Coulibaly foi o terrorista que matou uma mulher polícia e um grupo de frequentadores da loja judaica, antes de ser abatido pela polícia. (...)» (Pacheco Pereira, in «Público»)

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

A RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL ESTÁ FORTEMENTE AO ATAQUE NA GRÉCIA CONTRA O SYRIZA

(In blog «O TEMPO DAS CEREJAS 2»)

Os eleitores gregos estão debaixo de ataque cerrado da religião troikal-neoliberal.

Um dos templos desta demoníaca religião fica na Alemanha em Frankfurt e chama-se «BCE» e os profetas do templo «BCE» cortaram o financiamento aos bancos gregos como forma de guerra financeira-política contra o Syriza.
Os profetas do templo «BCE» estiveram a rezar ao deus do dinheiro, durante uma semana, em Janeiro de 2015, pedindo-lhe que embruteça os eleitores gregos, pediram-lhe também, a esse mesmo deus, que os embruteça ainda mais a eles próprios profetas da austeridade.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL E A SUA INQUISIÇÃO


A Direita portuguesa que professa a religião troikal-neoliberal é muito vasta. Num blog afecto ao Bloco de Esquerda encontrei uma citação de Manual Vilaverde Cabral fazendo um sermão contra o Syriza.
Os indivíduos da religião troikal-neoliberal de Margaret Thatcher a Pinochet, de Manuel Vilaverde Cabral a Medina Carreira, de Durão Barroso ao seu motorista, digo, secretário José Manuel Fernandes, de Coelho a Cavaco, têm um parâmetro comum da Direita que se encontra no «Mein Kampf» de Hitler, que é o desprezo total e absoluto pelo sofrimento que as suas ideias provocam em terceiros.

Para compreender a Direita, o «Mein Kampf» de Hitler é um livro fundamental, no elogio da crueldade. Acho mais interessante a análise da obra mestra da Direita europeia «Mein Kampf» na definição do conceito de crueldade do que a crueldade exuberante dos Medinas Carreiras, dos  Cabrais e outros que tais, que, na prática, constituem a Inquisição troikal-neoliberal.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

A RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL PODERÁ SER REPUDIADA NA GRÉCIA


A região troikal-neoliberal, com os seus rituais está a perder importância na Grécia. É que esta religião troikal-neoliberal tem sido muito eficiente a pôr os gregos a passarem fome e a morrerem por falta de assistência médica (e os portugueses também).

A religião-troikal neoliberal tem a sua Inquisição. Este Santo Ofício troikal-neoliberal ataca violentamente quem não se submete aos dogmas desta religião. E esta Inquisição troikal-neoliberal ataca liberdade de quem não se submete.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

A LIBERDADE DE EXPRESSÃO DE PENSAMENTO NÃO É ACEITE PELA RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL, DOMINANTE NA UNIÃO EUROPEIA


A religião troikal-neoliberal é dominante na União Europeia, especialmente na Zona Euro.
Os crentes da religião troikal-neoliberal são maioritários nas notícias dos mídia portugueses dominantes, especialmente nas televisões. Além dos jornalistas, os comentadores crentes na religião troikal-neoliberal vão muito às televisões pregar os sermões desta religião politeísta, cheia de deuses e deusas da alta-burguesia.

Os crentes da religião troikal-neoliberal vociferam contra as heresias dos descrentes, daqueles que desprezam a religião troikal-neoliberal. O objectivo da religião troikal-neoliberal é criar o inferno na Terra para os trabalhadores, para aqueles que praticam o factor Trabalho.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

CRISTIANO RONALDO GANHOU A BOLA DE OURO, A SUA 3ª, PARA O MELHOR JOGADOR DE FUTEBOL DO MUNDO


O governo de traidores PSD-CDS andou a apoucar os portugueses, dizendo-lhes que não prestavam e que por isso deviam empobrecer, mas empobrecer muito. Cristiano Ronaldo é um pouco o contrário daqueles que querem apoucar os portugueses, ele procura ser melhor que os outros. É assim a vida, as pessoas devem ser estimuladas para serem melhores, para vencer, não devem ser apoucadas pelo programa do governo.

domingo, 11 de janeiro de 2015

DOMINGO DIA DA LIBERDADE EM PARIS, SEGUNDA DEVE SER JÁ MAIS UM DIA PARA AMEAÇAR A LIBERDADE DOS ELEITORES GREGOS


Hoje mais de um milhão de pessoas estiveram em Paris, manifestando-se a favor da liberdade. Amanhã, segunda-feira devem continuar as ameaças aos eleitores gregos, intimidando-os como pessoas sem direito à liberdade. Num dia comemora-se a liberdade, no dia seguinte ameaça-se a liberdade dos gregos…